Mais um acusado de matar idoso no ramal 16 é preso; Ele é sobrinho da vítima

Daniclécio Damasceno de Souza é sobrinho da vítima e, segundo as investigações, foi ele que efetuou o tiro mortal

Redação Senaonline.net

Uma ação conjunta deflagrada por Policiais Civis e Militares de Sena Madureira nesta quarta-feira, 29, resultou na captura de mais um acusado no assassinato do colono Sebastião Coesta de Souza, 64 anos, ocorrido no ramal 16. Daniclécio Damasceno de Souza é sobrinho da vítima e, segundo as investigações, foi ele que efetuou o tiro mortal contra o seu próprio tio.

Após cometer o delito, na companhia de outro infrator, Daniclécio evadiu-se do local e só foi localizado hoje em outro ramal – o ramal da Taboca. Com o cerco policial montado, não teve como o acusado escapar. Neste momento, o mesmo se encontra preso na Delegacia de Sena, onde será ouvido pelo Delegado Marcos Frank que fará seu indiciamento.

Fontes seguras do Senaonline.net apontam que Daniclécio de Souza, sobrinho da vítima, teria confessado o crime e dito aos policiais que atirou porque imaginou que seu tio estivesse armado no momento do assalto.

A intenção dos criminosos seria roubar cinco armas de fogo que estavam dentro da casa da vítima. Ao chegar na residência, no entanto, o idoso tentou fechar a porta para impedir a entrada dos dois assaltantes, mas acabou sendo baleado no abdômen.

Outro morador de Sena Madureira conhecido como Adângelo também está preso respondendo pelo mesmo crime. Resta agora a Polícia localizar e prender os mandantes do assassinato que seriam dois foragidos do presídio de Cruzeiro do Sul.

Sebastiao Coesta de Souza, 64 anos, morador antigo do ramal 16, foi morto dentro da própria casa na manhã de sábado passado.

Deixe seu comentário

comentários