Morador do rio Macauã dá entrada no Hospital de Sena após ser atacado por vaca parida

O colono ficou com ferimentos nas costas, na testa e também nas pernas.

Edinaldo Gomes, do Senaonline.net

 

O colono Raimundo Nonato Lima Moraes, 38 anos de idade, mais conhecido pela alcunha de “Deco” foi atacado por uma vaca parida por volta das 14 horas de sábado passado. O caso foi registrado na altura do seringal Santa Fé, rio Macauã, distante mais de um dia de viagem do porto de Sena Madureira. Em razão dos ferimentos, a vítima continua internada no hospital João Câncio Fernandes, em Sena.

 

De acordo com informações coletadas pelo Senaonline.net, “Deco” estava cuidando de uma porca nas proximidades do curral quando foi alvo da fúria da vaca. “Na primeira investida eu estava com o chapéu na mão e consegui driblar o animal, mas acabei escorregando e fui pisoteado. Eu estava sozinho. Ainda bem que ela não acertou a minha cabeça. Agradeço muito a Deus por estar vivo”, comentou.

 

O colono ficou com ferimentos nas costas, na testa e também nas pernas.

 

Como nessa época do ano o rio Macauã se encontra com o nível baixo, “Deco” foi transportado em um cavalo pelo ramal até chegar na BR-364. “Após o ataque, cheguei a urinar sangue, mas agora após receber os atendimentos aqui no hospital já estou bem melhor. Brevemente irei retornar pro seringal pra cuidar da minha família. Foi a primeira vez que aconteceu isso comigo”, confirmou.

 

Criado na zona rural, Raimundo Nonato é acostumado a lidar com os animais de sua propriedade, mas dessa vez não teve como escapar do ataque.

Deixe seu comentário

comentários