SENA: Agentes penitenciários apreendem oito celulares em fundo falso de vaso

Atualmente o presídio de Sena Madureira tem mais de 440 detentos, sendo esta a maior população carcerária de todos os tempos.

Redação Senaonline.net

A visita deste domingo no presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, foi marcada por mais uma apreensão expressiva de aparelhos celulares endereçados aos reeducandos. No fundo vaso de um vasilhame de plástico, os agentes penitenciários encontraram oito aparelhos celulares, todos eles em perfeito estado de uso.

Duas visitantes foram identificadas como sendo as portadoras dos objetos ilíticos. Uma delas é indígena, da etnia Jaminawá. Por conta da transgressão a lei, elas deverão perder o direito de continuar visitando o local.

Para tentar driblar a fiscalização, as infratoras anexaram ao vaso uma espécie de isopor, criando dessa maneira um fundo falso, entretanto, os agentes penitenciários foram mais diligentes e descobriram o plano criminoso. “Várias apreensões já foram feitas nesses últimos dias e a fiscalização continua intensa”, ressaltou um dos agentes que preferiu não se identificar.

Atualmente o presídio de Sena Madureira tem mais de 440 detentos, sendo esta a maior população carcerária de todos os tempos.

 

Deixe seu comentário

comentários